Catálogo

Atreva-se a descobrir os nossos livros, as nossas ilustrações e as nossas palavras.

Catálogo PDF Catálogo PDF

Coleção «Testemunho»

Saudosa África Distante
1ª Edição: Dezembro 2015
Editor: Alfarroba
Coleção: Testemunho
PVP: 12€
ISBN: 9789898745576
Formato: 21 x 14 cm
Páginas: 228

Sinopse

Este livro conta episódios vividos em África, relatados na primeira pessoa. Neles não há fantasia ou ficção, apenas factos reais.

Partiste
1ª Edição: Setembro 2015
Editor: Alfarroba
Coleção: Testemunho
PVP: 10€
ISBN: 978-989-8745-42-2
Formato: 21 x 14 cm
Páginas: 44

Sinopse

Este livro foi escrito em homenagem a Paulo Marco Biléu, que partiu na flor da idade, deixando os seus projetos por concluir, sem viver uma vida plena de acontecimentos e desejos como toda a gente ambiciona: ter uma família, ter filhos, ser feliz. Deixando os seus amigos sem a sua presença, deixando ainda a dor da perda àqueles que o amam e muitas, muitas saudades no coração de uma mãe cujo bem mais valioso que possuía era o seu único filho amado.

Esta partilha é dedicada a todas as mães que perderam os seus filhos ainda jovens ou crianças.

Cleo
1ª Edição: Maio 2015
Editor: Alfarroba
Coleção: Testemunho
PVP: 12€
ISBN: 978-989-8745-33-0
Formato: 21 x 14 cm
Páginas: 144

Sinopse

Quando aquela porta se abriu e a vi a olhar para mim, percebi que eu era muito desejada.
Ao pegar-me ao colo com carinho, aconchegar-me contra o peito e sussurrar-me ao ouvido que eu era a melhor prenda que já recebera, soube, de imediato, que tinha chegado a casa.

Onde o Sol não chega - Vidas, trabalho e família na mina do Lousal
1ª Edição: Outubro 2013
Editor: Alfarroba
Coleção: Testemunho
PVP: 14,90€
ISBN: 978-989-8455-70-3
Formato: 23 x 14 cm
Páginas: 210

Sinopse

No âmbito da sua dissertação de mestrado, a qual esteve na origem do livro Vidas na Mina: Memórias, Percursos e Identidades (Celta Editora, 2005), a autora privilegiou a «narração biográfica» como principal ferramenta de observação da comunidade mineira do Lousal, tendo recolhido várias histórias de vida que constituem um valioso registo do passado.
Contadas na primeira pessoa, este balanço de uma vida inscreve-se na identidade da comunidade do Lousal e é indissociável de uma cultura da oralidade, irrepetível e da qual estão praticamente ausentes outros suportes mnemónicos.  
Esse material constitui a matéria-prima e o objeto deste novo projeto da socióloga Paula Rodrigues, que interessará não só aos cientistas sociais mas também ao público em geral, atraídos pela descoberta de pessoas que se tornam tangíveis, têm nome próprio e um quotidiano na família, na mina, com os amigos, revelado aos poucos perante o leitor, com as suas práticas, as suas representações, os seus afetos, os seus medos, os seus projetos.

Mentira Conveniente
1ª Edição: Agosto 2013
Editor: Alfarroba
Coleção: Testemunho
PVP: 12,90€
ISBN: 978-989-8455-63-5
Formato: 21 x 14 cm
Páginas: 212

Sinopse

Luísa, uma adolescente de 14 anos, vê-se obrigada a emigrar para se juntar ao pai que não aguentava as saudades da família.
Espera-a o mundo do trabalho, mas espera-a também uma grande paixão que mudará por completo a sua vida. Para melhor? Para pior?
Renegada pelos pais, que entretanto regressam à terra natal, em momentos menos bons, mas sempre assumindo a responsabilidade dos seus actos e ouvindo a voz do sangue, na busca da felicidade plena, a pergunta torna-se-lhe inevitável: “Valerá a pena?”
A resposta fica por conta da força da interpretação, do conhecimento de si próprio e da sensibilidade de cada um dos leitores de «Mentira Conveniente».

A vida antes do tempo: histórias de bebés prematuros
1ª Edição: Novembro 2012
Editor: Alfarroba
Coleção: Testemunho
PVP: 14€
ISBN: 978-989-8455-52-9
Formato: 21 x 14 cm
Páginas: 254

Sinopse

O meu nome é Cátia, nasci na Charneca da Caparica, em Almada, em fevereiro de 1985.
Sou enfermeira de profissão, trabalho na Urgência do Instituto Português de Oncologia de Lisboa e sou pós-graduada em Gestão de Serviços de Saúde pelo INDEG/ISCTE.
Em setembro de 2010, após uma crise conjugal resolvida, eu e o meu marido Vasco decidimos empreender uma nova etapa na nossa vida, a de sermos pais. Mas o sonho tornou-se pesadelo, quando o nosso filho Afonso nasceu de apenas 23 semanas e 6 dias de gestação.
Quando as perdas se sucedem, a perda de sonhos, da perfeição, da vida como a conhecíamos até então, sobrevivemos juntos a 123 dias de internamento em duas Unidades de Cuidados Intensivos de Neonatologia.
Acompanhada à distância por uma confidente muito especial, a Ilídia, mãe de uma prematura que nasceu de 23 semanas e 5 dias, hoje com 14 anos de idade, conto a nossa história. Como forma de tentar escapar a um surto de loucura iminente, encontrei o meu escape, relatando sob a forma de um diário o meu dia a dia, as dúvidas e os sentimentos de uma época em que vivi algures entre a esperança e o desespero.
Ao longo deste doloroso percurso, existiram momentos-chave, de loucura, de pânico, de esperança e de dormência. As questões da vida e da morte, da prematuridade extrema, abaixo do limiar da viabilidade, os nossos valores, as nossas crenças foram levados ao limite na derradeira decisão da nossa vida, deixar partir o Afonso em paz.
Dois testemunhos de vida, semelhantes no seu percurso, diferentes no seu final.
Desafiando as estatísticas, as lógicas da ciência, lutando contra os nossos próprios demónios e contra os das equipas de saúde, expiamos assim a nossa culpa, a nossa dor e as nossas memórias. É o meu legado, o legado de outra mãe prematura, o legado dos nossos filhos, para que outras mães prematuras sintam que não estão sozinhas nesse sofrimento atroz.
 

Cátia Lopes dos Reis | a VIDA antes do TEMPO
 

Páginas: 1